• maio 2012
    S T Q Q S S D
    « abr   jun »
     123456
    78910111213
    14151617181920
    21222324252627
    28293031  
  • Categoria

  • Mais Acessados

  • Arquivo

  • Twitter Blog Aécio Neves

Projeto História Permanente do Cinema exibe clássicos do cinema mundial em sua programação

O projeto História Permanente do Cinema, realizado pela Fundação Clóvis Salgado, apresenta em maio, no Cine Humberto Mauro, no Palácio das Artes, quatro longas-metragens de importantes diretores internacionais. As sessões acontecem sempre às quintas-feiras, às 17h, e têm comentários de pesquisadores e críticos de cinema após o término da exibição.

Abrindo a programação do mês, no dia 10 será exibido o filme Leopardo, de 1963, dirigido pelo italiano Luchino Visconti. Vencedor de uma Palma de Ouro no Festival de Cannes e indicado ao Oscar e ao Globo de Ouro, o longa é estrelado por Burt Lancaster, Alain Delon e Claudia Cardinale. A sessão terá comentários do crítico Leonardo Amaral.

No dia 17 será a vez de O Sétimo Selo, notável filme do dramaturgo e cineasta sueco Ingmar Bergman. Lançado em 1957, o longa é estrelado pelo ator Max von Sydow, que depois realizou muitos outros trabalhos com o diretor. A sessão será comentada pelo escritor e pesquisador Mário Alves Coutinho.

Desencanto, filme de 1945 dirigido pelo inglês David Lean, é o escolhido para a quinta-feira (24). O longa foi vencedor do Grande Prêmio do Festival de Cannes, que equivale à atual Palma de Ouro do mesmo festival. A sessão terá comentários do pesquisador Fábio Feldman.

No dia 31 de maio, encerrando a programação do mês, será exibido o longa Manhattan, do premiado diretor americano Woody Allen. Clássico do cineasta, o filme apresenta dois aspectos comuns a muitos de seus filmes: é ambientado em Nova York e tem o jazz como destaque na trilha sonora. O filme terá comentários da cineasta Marília Rocha após o término.

Realizada desde 2010 no Cine Humberto Mauro, a História Permanente do Cinema tem como foco os filmes em sua individualidade. Sua programação é inspirada em um projeto que leva o mesmo nome, realizado pela Cinemateca portuguesa.

As sessões têm entrada gratuita e os ingressos podem ser retirados na bilheteria do cinema, meia hora antes de cada exibição.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: