• novembro 2013
    S T Q Q S S D
    « out   dez »
     123
    45678910
    11121314151617
    18192021222324
    252627282930  
  • Categoria

  • Mais Acessados

    • Nenhum
  • Arquivo

  • Twitter Blog Aécio Neves

    Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

Aécio: ‘deixa o Serra falar’

Aécio: “O PSDB é um partido democrático, onde cada um tem sua opinião e contribui para o fortalecimento da forma que acha mais adequada’.

PSDB 2014

Fonte: O Globo

‘Eu falo bem do PSDB e mal do PT’, diz Aécio, em referência às críticas de Serra ao próprio partido

Ao comentar as declarações do ex-governador, senador mineiro diz que, “em relação a complexos, talvez seja a pessoa do PSDB menos credenciada a falar”

Um dia após o ex-governador José Serra ter criticado duramente o PSDB, ao dizer que o partido tem a necessidade de “ser aceito pelo PT”, o senador Aécio Neves quebrou, neste sábado, a pretensa harmonia entre eles ao comentar as declarações do ex-governador, que, a despeito do favoritismo do mineiro na disputa presidencial de 2014, dá sinais de que ainda não desistiu de uma disputa pela candidatura tucana:

— Olha, como eu disse, vamos deixar o Serra falar. O PSDB é um partido democrático, onde cada um tem a sua opinião, e cada um contribui para o fortalecimento do partido da forma que acha mais adequada. Eu, por exemplo, estou aqui hoje em Manaus, ao lado do grande líder Artur Virgílio, falando bem do PSDB e mal do desgoverno do PT. Quanto a complexos, eu talvez seja a pessoa do PSDB menos credenciada a falar sobre o tema — afirmou Aécio, em Manaus, onde participou de encontro do diretório estadual do PSDB.

Na sexta-feira, durante palestra no Diretório Estadual do PSDB paulista, Serra afirmou que um dos problemas do partido é o bovarismo, em referência a “Madame Bovary”, romance de 1857, escrito por Gustave Flaubert.

— Me desculpem as mulheres, porque é mais complexo que isso, mas a madade Bovary queria ser aceita pelo outro. Ela vai à loucura, quebra a família, trai o marido com Deus e o mundo para ser aceita. E o PSDB tem um pouco de bovarismo, de precisar ser aceito pelo PT — disse Serra, segundo matéria publicada na edição de hoje da “Folha de S. Paulo”.

Nas críticas ao PSDB, o ex-governador alfinetou Aécio ao condenar o fato de o PSDB criticar o leilão do campo de Libra usando o argumento da privatização, como o senador tem feito nos últimos dias.

— O PT faz um leilão mal feito como o do campo de Libra. E o que faz o PSDB? Sai dizendo: “Olha aí, eles sempre foram contra a privatização e agora estão fazendo a privatização”. Isso dá voto? Nenhum — disse Serra, na sexta-feira.

Aécio, porém, insiste no assunto. Ontem mesmo, em Manaus, ele repetiu a crítica:

— O PT passou dez anos demonizando as privatizações. Curva-se a elas agora no final do governo, mas faz de forma atabalhoada.

O Brasil virou “um cemitério de obras inacabadas”

Também ontem, horas depois de presidente Dilma Rousseff ter considerado absurda a paralisação de obras públicas, medida recomendada na última quarta-feira pelo Tribunal de Contas da União (TCU), após suspeitas de irregularidadesAécio declarou que o país virou “um cemitério de obras inacabadas” por causa da “incapacidade gerencial” do governo do PT.

— O Brasil é um cemitério de obras inacabadas não por culpa do TCU, mas por culpa da ausência de planejamento, de projetos que não são feitos adequadamente. As grandes obras, os grandes eixos de integração nacional estão todos eles com sobrepreços enormes. O governo do PT quer nos fazer crer que é natural planejar uma obra e apresentar um projeto absolutamente distante daquilo que vai ser executado. A paralisação dessas obras é fruto da incapacidade gerencial do governo. Nós temos que encerrar esse ciclo do PT para o bem do Brasil — disse em Manaus, reduto eleitoral petista, que rendeu, nas últimas três eleições presidênciais, mais de 80% dos votos válidos ao ex-presidente Lula e à presidente Dilma Rousseff.

Em visita à capital amazonense para participar do encontro estadual do PSDB e homenagear os 35 anos de vida pública do prefeito tucano Arthur VirgílioAécio discursou como candidato à sucessão de Dilma e atacou o PT em diversos momentos:

— O que o PT vem fazendo nesses últimos anos é administrar a pobreza. Há uma falência absoluta no que diz respeito à gestão. Não vemos desenvolvimento de fato dos empresários e dos trabalhadores. Não existe um plano de desenvolvimento a longo prazo, o que existe é a gestão de problemas que perduram por muitos anos.

Durante a passagem por Manaus, Aécio visitou as empresas do Polo Industrial e, ao ser questionado sobre o posicionamento do partido em relação à manutenção da Zona Franca de Manaus, disse que contaria com a credibilidade do prefeito Arthur Virgílio para desmistificar o cenário de que o PSDB é inimigo da Zona Franca.

— A população já deu uma demonstração clara que confia no PSDB. Temos de virar essa página e trabalhar em um projeto ousado para a região — afirmou o tucano, acrescentando que, independentemente da posição do governador de São Paulo Geraldo Alckmin, ele defenderá os incentivos fiscais para as indústrias do Amazonas: — Quero dizer de forma clara e definitiva: a Zona Franca é um patrimônio do Brasil, fundamental para o desenvolvimento do país.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: