• agosto 2014
    S T Q Q S S D
    « jul   set »
     123
    45678910
    11121314151617
    18192021222324
    25262728293031
  • Categoria

  • Mais Acessados

  • Arquivo

  • Twitter Blog Aécio Neves

Candidatos ao governo de Minas têm condenação

Tarcísio Delgado (PSB), Cleide Donária (PCO) e Eduardo Ferreira (PSDC) têm condenações na Justiça e no TCU. Delgado nega irregularidades.

Eleições 2014

Fonte: Hoje em Dia

ONG alega que três candidatos ao governo têm condenação

Três dos 8 candidatos a Governador de Minas Gerais têm condenação na Justiça e tribunais de contas, segundo levantamento divulgado nessa segunda-feira (25) pela ONGTransparência Brasil. Cleide Donária (PCO) teve as contas de sua campanha a deputada estadual de 2010 desaprovadas pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE), assim como Eduardo Ferreira (PSDC), cujas contas de sua campanha para vereador de Contagem, em 2012, também foram rejeitadas.

Tarcísio Delgado (PSB), da coligação “Minas quer Mudança”, tem 3 condenações: em 2008 as contas de sua campanha para prefeitura de Juiz de Fora foram desaprovadas; em 2009 saiu acórdão do Tribunal de Contas da União (TCU) multando o candidato em R$ 10 mil reais por irregularidades na execução de convênios para obras em estradas federais no Acre e este ano foi publicado outro acórdão do TCU multando o socialista em R$ 3.500 porirregularidades na obra de duplicação de rodovia federal na divisa entre Minas Gerais eEspírito Santo.

As duas últimas condenações referem-se a atos praticados por Delgado na época em que era diretor geral do Departamento Nacional de Estradas de Rodagem (DNER). Por meio de sua assessoria, Tarcísio alegou que esteve no cargo há mais de 20 anos e que não há nada que pese contra ele. “Estão desencravando coisas antigas”, comentou. O candidato ainda disse desconhecer a sentença do TRE.

O levantamento do Transparência Brasil indica que dos 165 candidatos que disputam os governos estaduais nas eleições deste ano, 63 (38%) respondem a 327 processos na Justiça ou nos Tribunais de Contas. O estudo mostra ainda que 46 deles (28%) já sofreram alguma condenação, quatro foram cassados e dois foram presos no exercício do mandato.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: