• setembro 2014
    S T Q Q S S D
    « ago   out »
    1234567
    891011121314
    15161718192021
    22232425262728
    2930  
  • Categoria

  • Mais Acessados

  • Arquivo

  • Twitter Blog Aécio Neves

Pimenta garante que as políticas sociais terão toda a atenção em seu governo

Pimenta da Veiga aponta melhorias em políticas sociais no estado e afirma que Minas Gerais não pode adotar o modelo de gestão do PT.

Eleições 2014

Fonte: Pimenta 45

Pimenta aponta novos avanços para as áreas de segurança e educação em Minas Gerais

Em entrevista à TV Record, candidato aponta melhorias em políticas sociais no estado e afirma que Minas Gerais não pode adotar o modelo de gestão do PT.

O candidato da Coligação Todos por Minas ao Governo do EstadoPimenta da Veiga, reafirmou na manhã desta sexta-feira (12/09), em entrevista ao programa MG no Ar, da Record Minas, que as políticas sociais, com destaque para saúdesegurança e educação, terão toda atenção necessária durante seu governo, caso seja eleito. Defensor da política de tolerância zero com a criminalidade, Pimenta quer adotar o policiamento ostensivo em todo Estado, oferecendo ao cidadão maior sensação de segurança. Ele também defende mudança na legislação no que se refere à impunidade.

“O que importa é que o policiamento ostensivo seja maior. Vamos também adotar uma tecnologia mais apurada. Queremos usar a melhor tecnologia que houver. Queremos que haja um conceito de tolerância zero com a bandidagem. Portanto, procuraremos interferir também na legislação, que hoje está muito concessiva, a polícia prende e é obrigada a soltar. Então, é um conjunto de ações. Mas eu tenho a certeza que a segurança dará a sensação ao cidadão de que ele está mais protegido e, ao bandido, de que ele está sendo perseguido pela lei”, afirmou Pimenta da Veiga. Ele aproveitou para cobrar mais investimentos da União do setor, “tendo em vista que hoje o governo federal investe apenas 13% do que é gasto em segurança no Brasil inteiro”, completou.

Ao falar sobre a educaçãoPimenta da Veiga destacou a importância do professor como indutor da revolução que pretende fazer nesta área. Para ele, não é à toa que o governo federal reconhece a educação básica de Minas como a melhor do País. “A grande parceria que eu quero estabelecer para fazer uma revolução no sistema educacional é com o professor. A educação em Minas atingiu níveis muito altos, tanto que é considerada a melhor do Brasil pelo Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica), pelo próprio governo federal do PT, que considera a educação fundamental em Minas a melhor do Brasil.Mas isso não é o bastante. Queremos ir avante, através de uma grande parceria com os professores”, afirmouPimenta.

Pimenta ainda lembrou, ao ser perguntado pelo jornalista Eduardo Costa, que a maior greve na educação em Minas não foi da rede estadual e, sim, “na prefeitura, no tempo do PT, que foram 160 dias de greve”, disse. Questionado sobre o piso salarial dos professores, o candidato ressaltou que Minas não apenas atende às determinações legais, mas ultrapassa os valores fixados. “Na verdade, o piso foi atendido (em Minas) e até ultrapassado. Sou filho de professora e sou filho de professor, portanto, conheço bem a vida de professor e tenho enorme carinho pelos professores, um respeito e grande admiração, nós (governo e magistério) vamos conversar”, frisou.

Mais saúde

Na entrevista, Pimenta ressaltou ainda o esforço do Governo de Minas em melhorar constantemente a saúde no Estado. “O governo tem investido muito. Aqui em Belo Horizonte, por exemplo, abriu o (Hospital) Risoleta Neves, investiu mais de R$ 50 milhões no João XXIII, fazendo com que ele se torne o pronto-atendimento mais admirado do país. Fizemos o Hospital de Uberlândia, o Hospital de Uberaba, há vários hospitais quase prontos, o do Norte, em Pirapora, existem vários hospitais que já estão com as obras muito adiantadas. Ao contrário do que o nosso adversário diz, o Hospital de Divinópolis, de Setes Lagoas, de Governador Valadares e de Teófilo Otoni estão em obras, não são esqueletos, estão em obras avançadas e nós faremos os outros”, disse.

Para o candidato do PSDBMinas avançou muito nos últimos anos e ainda tem muito a avançar. Além de destacar os êxitos alcançados no Estado em outras áreas, Pimenta reafirmou que o reconhecimento do cidadão mineiro aos resultados conquistados levará a Coligação Todos por Minas à vitória no dia 5 de outubro. “O governo tem dado certo, tem honrado Minas, tem avançado muito e nós vamos avançar ainda muito mais. Imagine trazer para Minas Gerais o sistema (do PT) que está acontecendo, no Brasil no governo federal. Isso é o que os mineiros não querem”, finalizou Pimenta da Veiga.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: